Quais riscos os softwares piratas podem trazer para sua empresa?


Softwares piratas são programas reproduzidos ilegalmente e sem licenciamento, ou seja, sem a autorização do desenvolvedor. Por mais que seja ilegal, ainda existem muitas empresas que se arriscam ao usar softwares piratas nos computadores corporativos, e essas empresas podem não estar totalmente cientes dos riscos que isso pode trazer. No blog de hoje iremos dizer quais são os principais riscos que os softwares piratas podem trazer para as empresas. Nesse caso, o barato pode sair muito caro.

Você sabe quais são os riscos em ter um software pirata na sua empresa?

Sabemos que muitos usuários domésticos acabam usando softwares piratas, e esse hábito se repete em algumas empresas, pois há a crença de que os custos de licenciamento são muito altos.

Mas o que essas empresas acabam não se dando conta é que, ao usar softwares ilegais elas colocam em risco a segurança dos dados da empresa, além do baixo desempenho dos softwares que podem prejudicar os computadores.

Entenda quais são os principais riscos em ter um software pirata na sua empresa:

Infecção por malwares que podem deixar os dados da empresa vulneráveis

Malwares são softwares maliciosos, que podem se infiltrar nos computadores através de downloads em páginas não confiáveis. Esses malwares são nocivos, e seu intuito é causar danos, alterações ou roubo de informações.

Optar por instalar um software pirateado nos computadores da sua empresa é uma porta de entrada para malwares em seus dispositivos de trabalho.

Softwares ilegais possuem baixo desempenho

Hoje em dia, quase todos os programas de computadores possuem comunicação com internet, seja para receber atualizações, enviar informações ou corrigir problemas e bugs.

Um software pirata é modificado com um “crack” ou outra ferramenta específica para cortar essa comunicação com a internet e evitar as tentativas de verificação de autenticidade. Esse processo onde o código fonte do programa é alterado pode diminuir sua performance. A consequência disso é um desempenho inferior do software pirata em comparação com software original.

Se você não quer que os funcionários da sua empresa sofram com baixa produtividade, programas que travam ou danificam os computadores, você deve investir em programas originais para sua empresa. Como eles recebem atualizações frequentemente, as chances de ter problemas com bugs é reduzida.

Sua empresa pode ter problemas jurídicos

Por lei, toda empresa precisa fazer uso de programas e produtos originais. A instalação de softwares piratas faz com que a empresa deixe de cumprir essa obrigação legal e esteja sujeita a processos jurídicos.

Fique atento à legislação: no Brasil a Lei N° 9.609 garante os direitos de comercialização e a propriedade intelectual de cada software ao seu desenvolvedor.

A violação desses direitos é crime passível de multa e pena de detenção de seis meses a dois anos. Essa pena pode ser ampliada se houver a reprodução não autorizada de um software para fins comerciais, seja de forma integral ou parcial.

Sua empresa perde a credibilidade

Ter confiabilidade é essencial para empresas que desejam manter a eficiência e competitividade no mercado. Coisa que o uso de softwares ilegais deixa vulnerável. Pense no prejuízo que uma empresa pode ter ao ter seus dados roubados, ou dados de clientes vazados em decorrência de ter baixado softwares ilegais de sites pouco confiáveis?

Softwares originais não têm permissão de coletar dados sem aviso prévio. O que garante às empresas maior controle sobre as informações coletadas pelo desenvolvedor e, se for necessário, é possível desabilitar o envio de informações para o desenvolvedor.

Não conte com uma equipe de assistência

Se você sofrer algum dos riscos mencionados acima, ou tiver algum problema com o software pirata instalado ou em decorrência dele, não poderá contar com uma equipe de assistência técnica em busca de uma solução ou ajuda.

Em contrapartida, que possui um software original, se tiver algum problema ou dúvida, terá à disposição uma equipe de atendimento. Isso vai garantir a resolução de dúvidas, receber auxílio e até mesmo treinamento para melhor utilizar os recursos do programa. Para algumas áreas e departamentos, ter esse tipo de suporte é essencial.

Como proteger a sua empresa?

O uso de softwares no ambiente corporativo deve ser feito somente após a obtenção da licença de uso ou através de um documento fiscal que comprove que a empresa adquiriu o software por meios legais. Essa é uma das maneiras de proteger sua empresa e evitar problemas.

Mas, além disso, você também pode fazer auditorias internas para verificar se há softwares piratas instalados nos computadores da empresa. Mesmo que tenha sido instalado pelo funcionário por conta própria, a responsabilidade ainda é da empresa.

Licenças de softwares podem ser caras para o orçamento limitado de alguns pequenos negócios, mas não vale a pena colocar sua empresa em risco. Busque por licenciamentos por volume, ou outras soluções que caibam no orçamento da sua empresa.

Para saber mais, entre em contato com a Innovent Solutions.

Posts Recentes
Arquivos